Educação e Qualificação2021-11-23T11:55:20+00:00

Educação e Qualificação

Educação e Qualificação
Coesão Social
Formação

O PIICIE do Cávado é um instrumento de aprofundamento operacional da Estratégia Integrada de Desenvolvimento Territorial (EIDT) e Pacto de Desenvolvimento e Coesão Territorial (PDCT) Cávado 2020, no domínio educativo, desenvolvido em cooperação estreita com todos os Municípios e respetivos Agrupamentos de Escolas e Escolas Não Agrupadas do Cávado.

Este Plano enquadra-se na contratualização do PDCT com o POR Norte 2020 e concretamente na Prioridade de Investimento 10.1: “Redução e prevenção do abandono escolar precoce e estabelecimento de condições de igualdade no acesso à educação infantil, primária e secundária, incluindo percursos de aprendizagem formais e informais, para a reintegração no ensino e formação”.

A Comunidade Intermunicipal (CIM) do Cávado assumiu, em 2016, a aposta político-institucional de antecipação do processo de elaboração do seu Plano o que permitiu que este tenha sido o 1º Plano da Região a ser submetido e aprovado na 1ª Fase do Aviso NORTE-66-2016-28, com uma dotação global de 3,57 milhões de euros (FSE).

O processo de elaboração deste documento assentou num processo de diagnóstico adaptado às necessidades identificadas nas e pelas comunidades educativas locais, com a conjugação de informação quantitativa e qualitativa (levantamento e análise das necessidades e medidas a priorizar para o insucesso escolar). Teve como finalidade definir uma estratégia educativa sub-regional com medidas e projetos de combate ao insucesso escolar que sirvam de complemento e de reforço à política educativa pública.

O PIICIE do Cávado assume-se como uma estratégia educativa sub-regional desenvolvida em cooperação estreita com as comunidades educativas, desde a fase de diagnóstico, à construção do plano de ação.

Em curso desde o ano letivo 2017/18, integra medidas e projetos de combate ao insucesso escolar que servem de complemento e de reforço à política educativa pública, e que coloca a promoção do sucesso escolar, a qualificação e a escolarização no centro da estratégia de desenvolvimento do território.

A Bolsa de Projetos Municipais é composta por 16 operações, conforme se expõe no quadro abaixo, que integram um conjunto de medidas priorizadas pelas respetivas comunidades educativas e com uma combinação de medidas preventivas e de intervenção em prol da promoção do sucesso educativo dirigidas aos diferentes níveis de ensino de educação. Centram-se no desenvolvimento complementar de ações ao nível de:

– constituição de equipas multidisciplinares para uma intervenção sistémica nos fatores de risco sociais e pessoais (apoio psicossocial, psicoeducativo, desenvolvimento de competências linguísticas, acompanhamento às situações de indisciplina e capacitação parental através de equipas multidisciplinares);

– apoio e acompanhamento no processo de aprendizagem (dinâmicas pedagógicas centradas na aprendizagem orientada em contexto prático para o desenvolvimento/consolidação de competências e melhoria ao nível das disciplinas nucleares);

– de competências no domínio das TIC (utilização de recursos educativos digitais em contexto para a melhoria dos níveis de aprendizagem); e,

– atividades de enriquecimento curricular ao nível da literacia no domínio da leitura, escrita, matemática, cientifica e das expressões artísticas, enquanto estratégicas de intervenção nos sinais de desmotivação para o trabalho escolar e comportamentos disruptivos.

DESIGNAÇÃO DO PROJETO ENTIDADE BENEFICIÁRIA INVESTIMENTO TOTAL ELEGIVEL APOIO FUNDO SOCIAL EUROPEU
Escola para Tod@s: Sucesso na Aprendizagem Município de Amares 200.099,96 € 170.084,97 €
ParAmares a Leitura 24.645,00 € 20.948,25 €
 
Intervenção Psicossocial e Psicoeducativa Município de Barcelos 443.826,01 € 377.252,11 €
Barcelos a Ler 136.918,62 € 116.381,00 €
A Diferença está no Desporto 257.940,82 € 219.249,70 €
 
Equipa Técnica de Articulação Educativa (ETAE) Município de Braga 678.289,31 € 576.545,91 €
Saber Crescer 362.200,40 € 307.870,34 €
 
Núcleo de Intervenção com o Aluno e Família (NIAF) Município de Esposende 374.900,27 € 318.665,23 €
Clubes de Ativação e Motivação de Competências 281.371,52 € 239.165,79 €
Educar pela Arte 208.707,49 € 177.401,37 €
 
Equipa de Apoio ao Aluno e à Família (EAAF) Município de Terras de Bouro 92.202,00 € 78.301,70 €
Ter + Sucesso na Leitura e Escrita 115.578,00 € 98.241,30 €
Clubes de Ativação e Motivação de Competências 163.270,60 € 138.780,01 €
 
Equipa de Promoção de Sucesso Educativo (EPSE) Município de Vila Verde 142.585,21 € 121.197,43 €
Vil’Arte Educativa 133.464,32 € 113.444,67 €
Aprender a Ser com Competências Transversais 179.901,05 € 152.915,89 €

 

A Bolsa de Projetos Intermunicipal é composta por 3 operações focadas no reforço do sentimento e identidade intermunicipal para com o PIICIE e a CIM Cávado, e do impacto de reprodutibilidade financeira e técnico institucional, do conjunto de ações/medidas dos projetos integrados no Plano.

Integra para isso medidas mais transversais de: capacitação institucional e espaços de articulação interinstitucional para dotar os agentes envolvidos de competências; comunicação de resultados e contacto com boas-práticas desenvolvidas na promoção do sucesso escolar; desenvolvimento de atitudes e competências transversais para o empreendedorismo; e, de promoção das competências digitais por via da utilização de plataformas e recursos educativos digitais.

Designação do projeto | Mais Cidadania: Plataforma de Colaboração e Partilha na NUT III Cávado
Código do projeto | NORTE-08-5266-FSE-000091
Objetivo principal | Criar um ambiente de aprendizagem inovador, adaptável ao aluno, dinâmico e interativo que estimule e reforce o processo de ensino-aprendizagem.

Região de intervenção | NUT III Cávado
Entidade beneficiária | Comunidade Intermunicipal do Cávado

Data de aprovação | 09-11-2017
Data de início | 01-09-2017
Data de conclusão | 30-08-2020

Custo total elegível | 149.988,19€
Apoio financeiro da União Europeia | 127.489,96€

O projeto destina-se a alunos do 1.º Ciclo e visa desenvolver competências, atitudes e valores que ajudem as crianças a desempenhar um papel ativo na comunidade e construir um ambiente de aprendizagem rico em tecnologia, facilitador da aprendizagem, do trabalho colaborativo e partilha.
Trata-se uma plataforma digital que tem como principais atividades: ações de capacitação para professores; atividades multimédia, interativas e dinâmicas,
desenvolvidas para o 1º Ciclo do Ensino Básico; e disponibilização na plataforma de conteúdos para trabalhar os diferentes temas de cidadania e de currículo local. Assume como principal resultado proporcionar um ambiente de aprendizagem rico em tecnologia e facilitador da aprendizagem, do trabalho colaborativo e da partilha de ideias; promover o contacto dos alunos com ferramentas pedagógicas inovadoras; e, desenvolver a literacia digital nos alunos, bem como valores da cidadania através da exploração de diferentes temáticas abordadas de forma lúdica (educação ambiental e desenvolvimento sustentável, educação para a saúde e currículo local).

Notícias

Designação do projeto | Capacitação e Inovação na Rede Educativa do Cávado
Código do projeto | NORTE-08-5266-FSE-000065

Objetivo principal| Fomentar espaços de capacitação institucional e comunitária de partilha de conhecimentos, avaliação participado e integrado com as comunidades educativas do Cávado sobre as estratégias inovadoras e recursos dos projetos e PIICIE do Cávado em prol do sucesso escolar.
Região de intervenção | NUT III Cávado
Entidade beneficiária | Comunidade Intermunicipal do Cávado

Data de aprovação | 09-11-2017
Data de início | 01-09-2017
Data de conclusão | 31-08-2020
Custo total elegível | 114.248,49€
Apoio financeiro da União Europeia | 97.111,22€

Trata-se de uma operação de suporte à execução, monitorização e avaliação do PIICIE e respetivos projetos, centrada na animação e capacitação institucional da rede educativa do Cávado por via do envolvimento das comunidades educativas num processo participado e integrado de partilha de conhecimentos e avaliação do impacto gerado pelos projetos e PIICIE.

Tem como principais atividades: i) dinamização e gestão do Modelo de Governação do PIICIE; ii) desenvolvimento de competências e instrumentos comuns de execução, monitorização e avaliação dos projetos; e, iii) transferência de conhecimento intermunicípios e exploração de novas abordagens promotoras de sucesso educativo e reforço da relação escola-comunidade. Assume como principal resultado dotar o Cávado de uma rede colaborativa e os profissionais que intervêm e/ou interagem com o contexto escolar de competências técnicas sobre questões relacionadas com a promoção do sucesso escolar (metodologias,
instrumentos e ferramentas).

Designação do projeto | Educação Empreendedora
Código do projeto | NORTE-08-5266-FSE-000110

Objetivo principal | Implementação de programa de sensibilização para o empreendedorismo nas escolas com vista à dinamização de iniciativas de deteção, de estímulo e de apoio ao empreendedorismo na comunidade escolar do Cávado.
Região de intervenção | NUT III Cávado
Entidade beneficiária | Comunidade Intermunicipal do Cávado

Data de aprovação | 09-11-2017
Data de início | 03-09-2018
Data de conclusão | 30-08-2019
Custo total elegível | 49.384,50€
Apoio financeiro da União Europeia | 41.976,83€

O projeto assenta na aplicação de um programa de educação e sensibilização para o empreendedorismo em articulação com as escolas do Cávado, orientado para os alunos do 3º ciclo do Ensino Básico e para o Ensino Secundário. Pretende-se aplicar um programa de educação e sensibilização para o empreendedorismo em articulação com as comunidades educativas do Cávado, a partir do desenvolvimento de: ações de formação dos professores sobre a pedagogia empreendedora; sessões e atividades lúdico-pedagógicas com os alunos, a serem desenvolvidas ao longo do ano lectivo e implementadas pelos professores e consultores/formadores; concursos municipais e final intermunicipal intra/inter escolar.

Assume como principal resultado fomentar a apropriação social do espírito e cultura empreendedora, contribuindo para a criação de ambientes de aprendizagem motivadores, gratificantes e que, em contextos formais e não formais, provoquem mais e melhores aprendizagens em todos os alunos.

O projeto de educação financeira “No Poupar Está o Ganho”, é promovido pela Fundação Dr. António Cupertino de Miranda, e visa prosseguir as linhas orientadoras do “Plano Nacional de Formação Financeira” e do “Referencial de Educação Financeira”, assente na capacitação específica para o uso adequado do dinheiro.

É orientado para os alunos do 1º ciclo do ensino básico e tem como objetivo principal informar e capacitar os alunos sobre conceitos sólidos de educação financeira, e quanto ao adequado uso do dinheiro, nomeadamente sobre a necessidade de controlarem os seus recursos e de respeitarem um determinado orçamento.

A CIM e os Municípios do Cávado associaram-se ao Projeto de Educação Financeira “No Poupar está o Ganho!”, ao longo dos últimos três anos letivos (2017/2018, 2018/2019, 2019/2020), num universo de 40 turmas (por ano) do território do Cávado.

NOTICIAS

NOTICIAS

A Comunidade Intermunicipal do Cávado participa, desde o ano letivo de 2015/2016, no processo de planeamento e concertação da rede de oferta formativa e coopera com a ANQEP e DGESTE na estabilização das ofertas formativas, em linha com as orientações metodológicas e critérios de ordenamento definidos pela ANQEP.

O Estudo de Antecipação de Necessidades de Qualificação resulta da concertação e planeamento da oferta de cursos profissionais, em linha com a metodologia definida pela ANQEP para o Módulo de Aprofundamento Regional do Sistema de Antecipações de Necessidades de Qualificações (SANQ), e com a finalidade de dotar a NUT III Cávado de um instrumento de planeamento promotor da empregabilidade de jovens e adultos, com base na convergência dos atores regionais dos sistemas de educação, formação e emprego.

Trata-se de um instrumento de gestão concluído em 2016 e que permitiu à NUT III Cávado integrar, durante 2 anos, o Sistema Nacional de Antecipação de Necessidades de Qualificação (SANQ), fornecendo às Escolas com ensino profissional informação critica para a definição e concertação da rede de oferta de cursos para os anos letivos subsequentes.

A CIM Cávado coordena o processo de diagnóstico e de planeamento regional, de forma a garantir a sua conformidade com o Referencial Metodológico definido pela ANQEP, I.P., bem com a articulação e a coerência com o trabalho desenvolvido ao nível de cada um dos Municípios e escolas envolvidas.

Assume o papel de mobilizador e facilitador na implementação do Modelo de Aprofundamento Regional do SANQ – Sistema de Antecipação de Necessidades de Qualificações, em articulação com a DGESTE, Municípios, Escolas com ensino profissional e outros agentes que atuam no âmbito da formação profissional.

A CIM atribui uma relevância acrescida ao processo de concertação da rede de oferta formativa com as escolas e Municípios do Cávado, na definição conjunta de ofertas formativas em linha com as necessidades e expetativas empresariais e sociais dos territórios. Procura ser um parceiro territorial na procura de melhoria contínua que é estratégica para o Sistema Nacional de Qualificações e que seja motor para o reforço da confiança nas modalidades de Educação e Formação profissional.

Go to Top