Os seis municípios que integram a Comunidade Intermunicipal (CIM) do Cávado – Amares, Braga, Barcelos, Esposende, Vila Verde e Terras de Bouro, registaram, no ano letivo de 2018/2019, a melhor taxa de retenção e desistência escolar para os três ciclos do ensino básico, liderando entre as NUT’s da região Norte ao nível do terceiro ciclo.

Estes dados são apresentados pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Norte (CCDRN), num relatório sobre o programa “Norte – Educação para Todos”, e na publicação “Regiões em Números 2018/2019 – Região Norte”.

A execução dos Programas Integrados e Inovadores de Combate ao Insucesso Escolar (PIICIE) no Norte tem sido uma das medidas que contribuiu para esta forte redução da retenção e desistência escolar, tendo a região do Cávado atingido no ano lectivo de 2018/2019, os melhores resultados da região Norte com valores da taxa de retenção e desistência no ensino básico que variam agora entre 1,3 % , sendo a taxa do ano letivo anterior de 2,8%.

É no terceiro ciclo que o Cávado tem a melhor taxa, com a retenção e desistência a ficar situada nos 2,0%, o que corresponde ao melhor valor registado no Norte. A taxa situa-se nos 0,7% no primeiro ciclo, elevando-se para 1,2% no segundo ciclo.

Ao nível do ensino secundário, o Cávado apresenta uma taxa de retenção e desistência de 10,6%, ainda assim inferior à média nacional e muito próximo da região Norte, que se situa nos 10,5%.

Relativamente à evolução futura, o relatório da CCDRN prevê uma diminuição do número de alunos entre os anos 2017/18 e 2023/2024, com uma quebra em todos os níveis de ensino, sendo esperado para a Região do Cávado, uma descida entre 18% no ensino básico e 16% no ensino secundário.

 

Braga, 25 janeiro 2020