Em 2018, segundo dados do Índice Sintético de Desenvolvimento Regional (ISDR), divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), a região do Cávado, uma das 25 sub-regiões NUTS III, superou a média nacional em termos de desenvolvimento regional global (Cávado 101,70). É o resultado do desempenho conjunto das dimensões (índices parciais) competitividade, coesão e qualidade ambiental.
Ao analisar cada uma das dimensões que constituem este ISDR, destaca-se o índice de coesão onde a região do Cávado superou a média nacional, com índices mais elevados (105,43).
Relembramos que Índice Sintético de Desenvolvimento Regional (ISDR) é calculado anualmente para as regiões NUTS III do país. A recolha dos dados é indireta e as variáveis que integram o índice provêm de fontes administrativos e de operações estatísticas desenvolvidas no contexto do Sistema Estatístico Nacional.

Consulte aqui: INE

15 junho, 2020 Braga