Home / The Region / County Information

The Region

Concelho de Terras de Bouro

O concelho de Terras de Bouro localiza-se no interior da região minhota, integrada administrativamente no distrito de Braga, província do Minho, apresenta uma área de aproximadamente 270 Km2, limitado a Norte pela Galiza, a Noroeste pelo concelho de Ponte da Barca, a Oeste pelo concelho de Vila Verde, a Sul pelo concelho de Amares, a Sudoeste pelo concelho de Vieira do Minho e a Este pelo concelho de Montalegre. Possui uma vasta área – 55,7% – que está ocupada pelo Parque Nacional da Peneda-Gerês.
Este Concelho dista 25 km de Braga, 75 km do Porto, cujas acessibilidades principais se circunscrevem às estradas nacionais: E.N. 205.3, 304, 307, 308 e 308.1.

A fisiografia desta região caracteriza-se com grandes diversidades de cotas que variam entre os 66 metros (cota mais baixa localizada nas margens do rio Homem) e os 1545 metros (cota mais alta, localizada nos picos da Serra do Gerês – Pico da Nevosa, nos Carris). Trata-se de uma região transfronteiriça com Espanha, assumindo uma localização privilegiada, sobretudo com a Galiza.

A nível climático, a região de Terras de Bouro, apresenta característica micro-climáticas especificas, de acordo com os valores de altitude serem variáveis numa topografia extremamente acidentada e que moldam os factores climáticos condicionantes, como a influência marítima, a acção dos ventos e a exposição solar das encostas.

No geral, caracteriza-se por Invernos frios e chuvosos, Primaveras e Outonos irregulares e Verões quentes e secos. Contudo, nas áreas de maior altitude a época estival apresenta fresca e húmida.

A totalidade da área do Concelho é de origem granítica, sendo que as condições climáticas associadas à morfologia e à acção humana originam diferentes processos de formação que se traduzem numa heterogeneidade espacial dos solos, especificadamente nas cotas inferiores a 800m. A área do concelho apresenta diferentes tipologias de solos: coluviais (encontram-se no sopé das escarpas e na base dos grandes declives), aluviais (circunscritos nas linhas de água de maior caudal) e esqueléticos (com ou sem afloramentos rochosos são os mais comuns de encontrar, sobretudo a maiores altitudes).

A área de Terras de Bouro abrange formações geológicas correspondentes aos afloramentos graníticos das montanhas do Noroeste de Portugal.
Esta região encontra-se assente em granito, com largas manchas agrestes, onde proliferam afloramentos rochosos. Os altos cumes encontram-se totalmente escavados, fruto da acção do homem – incêndios - e da acção climatérica. É uma área ocupada com extensas manchas de granito, por pequenas faixas xistosas, de origem sedimentar, transformando-se ao longo do tempo, em rochas metamórficas.

Os aspectos dominantes que caracterizam a morfologia da área são essencialmente condicionados pelos tipos de rochas, pelas suas estruturas geológicas, pelas consequências da sua meteorização e pelos efeitos da glaciação do Würm, cujos efeitos desta glaciação podem ser observados nos pontos elevados da Serra do Gerês.

Visite o site da Câmara Municipal de Terras de Bouro em: www.cm-terrasdebouro.pt
http://www.cimcavado.pt/arq/img/Terras-de-Bouro_1.jpg
281
Newsletter
Vale do Cávado - All rights reserved.